«

»

mai 31 2012

PROFISSIONAIS DA SAÚDE SE MOBILIZAM CONTRA ATO MÉDICO

Brasília. Profissionais da saúde manifestaram contra o Ato Médico na manhã de ontem (30), em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, em frente ao Congresso Nacional. O Ato médico consiste no Projeto de Lei 268/2002, conhecido como PL do Ato Médico, que trata da regulamentação do exercício da Medicina, além de definir quais atividades e procedimentos são exclusivos dos médicos. O projeto prejudica o exercício de 14 profissões, entre elas dos fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, educadores físicos e biólogos.

O presidente do Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais de Minas Gerais, Bruno Fukino, presente na manifestação, acredita que o Ato Médico fere os direitos de outros profissionais ligados à saúde. “Não podemos aceitar trabalhar sob a tutela da medicina, porque a saúde é multidisciplinar”, manifestou Fukino.

A manifestação concentrou profissionais e estudantes de todo o país, que se vestiram de preto e com nariz de palhaço. O PL do Ato Médico está tramitando há dez anos. Atualmente, o Projeto se encontra na Comissão de Educação do Senado, e ainda precisa passar pela Comissão de Assuntos Sociais para ir a Plenário, e que ainda não há previsão para ser votado.


Compartilhe!
Email
Print
WP Socializer Aakash Web