«

»

fev 29 2012

FECHADO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO NA CONSTRUÇÃO CIVIL, RETROATIVO A NOVEMBRO

Uberlândia. O Sinticom-TAP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Uberlândia, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba) e o Sinduscon-TAP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro Alto Paranaíba),  formalizaram ontem, dia 27, o Acordo Coletivo de Trabalho do segmento da Construção Civil, cuja negociação vinha se arrastando desde o ano passado, uma vez que a data base da categoria é em novembro.

Com a Convenção Coletiva de Trabalho, assinada ontem, 27, foi fixado o reajuste salarial de 8% (oito por cento) para todas as categorias. Os pisos salarias estão estabelecidos da seguinte forma: para Servente e Vigia em R$635,00; Meio Oficial em R$700,00 e Oficial e Operador de Guincho em R$930,00. Valores e percentuais esses retroativos ao mês de novembro de 2011, cabendo aquelas empresas que ainda não reajustaram os valores pagos aos trabalhadores, pagarem as diferenças retroativas.

Outro aspecto é a bonificação de 10% (dez por cento) para o trabalhador que fizer curso de qualificação, percentual esse incorporado ao salário.

Quanto à questão da suspensão da cesta básica, estabeleceu-se que não será feita, mantendo-se o benefício, salvo para o funcionário que tiver mais de duas faltas injustificadas. Quanto aos Atestados Médicos, o trabalhador que apresentar mais de um será submetido a uma junta médica do Seconsi-TAP (Serviço Social da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba).

Fonte: Asscom Sinticon-TAP


Compartilhe!
Email
Print
WP Socializer Aakash Web